Manual de Extração de Dados - RazorSQL
para o sistema PersonalMed - MS SQL Server


Download da ferramenta RazorSQL:
Link: https://razorsql.com/download.html


Descobrindo a porta em que o SQL Server está rodando:
Dependendo da forma com que o SQL Server foi instalado na máquina, a porta pode ser outra que não a porta padrão (1433). Para descobrir em qual porta o SQL Server está rodando, precisamos acessar a ferramenta “SQL Server Configuration Manager”:

Uma vez dentro da ferramenta, acesse a aba “Configuração de Rede do SQL Server” e depois “Protocolos para SQLEXPRESS”. Na lista a direita, escolha “TCP/IP” com o botão direito e acesse o menu “Propriedades”. Uma nova caixa irá se abrir. Navegue até a aba “Endereços IP” e role até o final, onde você encontrará “Portas TCP Dinâmicas”. O número encontrado ali será a porta de acesso ao serviço do SQL Server:

Conectando ao Banco de Dados:
Para conectar ao banco de dados do seu sistema PersonalMed, abra o RazorSQL e navegue até a aba “Add Connection Profile”, escolhendo a opção “Microsoft SQL Server”:

Na tela seguinte, vamos configurar a nossa conexão com o SQL Server: Em “Connection Profile Name”, você pode escolher qualquer nome que queira apelidar essa conexão que está sendo criada. Selecione o método de autenticação “Windows Authentication” e preencha os campos “Host or IP Address” com localhost, e o campo “Port<1433> com a porta encontrada na etapa anterior. A porta padrão é 1433. Após preencher os campos, clique no botão “CONNECT”:

Após estabelecer a conexão com o SQL Server, navegue até o banco de dados do PersonalMed, selecione a tabela “Tables” e clique com o botão direito, escolhendo a opção “Export Tables”:

Uma nova janela será aberta. Para realizar a extração dos dados no formato solicitado pela Amplimed, configure as opções dos campos. Na primeira tela, selecione “Multiple Tables” e clique em “Next”:

Na próxima janela, mantenha a opção “Tables” selecionada. Por padrão, todas as tabelas de dados já estarão selecionadas na lista. Mantenha-as assim e clique em “Next”:

Na próxima janela, selecione a opção “Delimited File” e clique em “Next”:

Na próxima janela, vamos configurar a formatação dos dados. Escolha um destino para armazenar os dados extraídos. Configure o “Delimiter” para “|@@|”. Selecione o “File Encoding” como sendo “UTF-8”. Marque a caixinha “Include Column Names in Export”. No campo “Characters to Append to Each Row (Optional)”, você deve informar “|@@##@@|”. Feitas essas configurações, basta clicar em “Next” e aguardar o backup ser realizado:

Uma janela pequena aparecerá informando o andamento da extração dos dados:

Quando a extração for concluída, a janela será fechada. Feito isso, basta compactar os dados extraídos e enviá-los ao solicitante.

Encontrou sua resposta?