Leituras importantes antes de iniciar a leitura do artigo:

Como criar checklists
Como criar segmentos
Como criar equipes
__________________________________________________________________

Apesar da regra ser bastante simples, muitas vezes há confusão de como realizar os vínculos de forma que o usuário somente consiga preencher checklists voltados à sua necessidade no momento da visita, evitando confusão e preenchimentos incorretos.

A regra para que o checklist fique disponível para preenchimento é apenas uma:

"Um checklist estará disponível se, no registro, a Equipe selecionada E TAMBÉM o Segmento selecionado estejam vinculados a este checklist".

Preste bem atenção na parte do "E TAMBÉM". Isso significa que caso eu esteja fazendo um registro em que a Equipe selecionada está vinculada ao Checklist, mas o Segmento não, o mesmo não irá aparecer. Esse detalhe é o que permite uma grande flexibilidade na definição de quando cada checklist será preenchido. Basicamente, você pode criar quantas Equipes quiser, vinculando uma a cada checklist de acordo com sua utilidade.

Para deixar ainda mais claro, adicionamos um exemplo genérico de vínculos do checklist:

Digamos que eu tenha uma operação onde parte dos clientes devem responder a um checklist A ou C, dependendo da situação confrontada pelo usuário, enquanto outra parte deve preencher um checklist B ou C, também dependendo da situação no momento da visita. Neste caso, posso criar Os segmentos X e Y (adicionando os clientes que prencherão os checklists A ou C no segmento X e os demais no segmento Y) e também criar as Equipes 1 e 2. Basicamente, o segmento tem como função selecionar entre o checklist A ou B, enquanto a equipe tem como função selecionar entre checklist A/B ou C. Agora, vamos pensar nas possibilidades:

  • Quanto ao Segmento selecionado: aqui, basicamente há apenas uma variável, visto que na situação ilustrada, ou o cliente se encontra no Segmento X, ou no Segmento Y. Portanto, o segmento selecionado no registro dependerá apenas do cliente selecionado, e apenas irá definir se irei preencher ou um dos Checklist A/B ou o Checklist C (você verá que o checklist C estará vinculado a ambos os segmentos, portanto essa é uma função que depende apenas da Equipe selecionada).
  • Quanto à Equipe selecionada: neste caso, usaremos a equipe para definir se meu usuário preencherá o checklist A/B, ou se ele preencherá o checklist C. Digamos que os checklists A/B são referentes à situação mais comum da visita, enquanto o checklist C deve ser preenchido apenas em ocasiões especiais. Basicamente, se eu selecionar a Equipe 1, somente irei preencher os checklists A ou B (dependendo do segmento selecionado), e quando selecionar a Equipe 2, somente irei preencher o checklist C, independente do Segmento.

Veja o fluxograma abaixo e perceba as possibilidades de preenchimento de checklist. Utilize essa técnica para sua própria operação, desenhe um fluxo que quando cada checklist deverá ser preenchido, isso pode ajudar na definição de configuração.

A ideia de vínculos é sempre a mesma. Você pode explorar a criação de diferentes combinações de Equipe/Segmento para cada situação possível em sua operação, permitindo que o usuário visualize apenas os checklists necessários durante a visita.

Encontrou sua resposta?