De forma simplificada, é possível dizer que o pipeline é uma sequência de componentes conectados que fazem processamentos e se comunicam por meio de mensagens.

O processamento de um componente dentro um pipeline ocorre em 3 passos:

  • recebimento de uma mensagem do componente anterior (mensagem “in”);
  • execução de algum processamento, que pode ou não usar as informações da mensagem recebida;
  • envio de uma mensagem ao próximo componente (mensagem “out”)

Essas mensagens estão sempre no formato JSON.

Veja o exemplo abaixo. Um pipeline configurado com um trigger REST foi chamado e passou o parâmetro recebido ("type": "revenue") para o componente seguinte - no caso um Object Store chamado Delete all. De forma sucessiva, cada componente termina a sua execução e aciona o próximo, passando a mensagem resultante do seu processamento.

Quando você opta por trafegar somente mensagens no formato JSON, a manipulação e transformação delas fica muito mais fácil tanto se você recorre aos componentes de transformação quanto às expressões em Double Braces. Essas expressões precisam fazer referência a elementos da mensagem de entrada para produzir uma mensagem de saída. Para saber mais sobre isso, clique aqui.

Encontrou sua resposta?