As funções foram criadas para:

  • acelerar ainda mais a criação das suas integrações

  • diminuir a complexidade dos seus pipelines

  • simplificar conversões e transformações dos dados durante o fluxo dos seus pipelines

As funções de JSON realizam operações em objetos do tipo JSON e estão disponíveis para componentes que suportam expressões com Double Braces. Para saber como passar informações para os componentes utilizando esse recurso, clique aqui.

JSONPATH

Essa função em Double Braces retorna partes de um determinado documento conforme a expressão enviada.

Sintaxe

JSONPATH(value:string, expression:string) 

value: string

expression: string contendo a expressão a ser recuperada

Digamos que você precise obter parte de um documento utilizando expressões. Você pode fazer o seguinte:

{
"test": {{ JSONPATH ({"store":{"book":[{"category":"reference","author":"Nigel Rees","title":"Sayings of the Century","price":8.95},{"category":"fiction","author":"Evelyn Waugh","title":"Sword of Honour","price":12.99},{"category":"fiction","author":"Herman Melville","title":"Moby Dick","isbn":"0-553-21311-3","price":8.99},{"category":"fiction","author":"J. R. R. Tolkien","title":"The Lord of the Rings","isbn":"0-395-19395-8","price":22.99}],"bicycle":{"color":"red","price":19.95}},"expensive":10}, "$.store.book[?(@.price > 10)]") }}
"test2": {{ JSONPATH (["aa","ss","","e"],"$.[0]" ) }}
}

O resultado esperado será:

{
"test": [{"category":"fiction","author":"Evelyn Waugh","title":"Sword of Honour","price":12.99},{"category":"fiction","author":"J. R. R. Tolkien","title":"The Lord of the Rings","isbn":"0-395-19395-8","price":22.99}]
"test2": "aa"
}

É possível utilizar as próprias funções que o JSONPATH provê internamente, tais como:

  • min()

  • max()

  • avg()

  • stddev()

  • length

Exemplo:

Suponha que um array de entrada seja recebido:

{
"numbers": [1,33,56,77.8,66,10475,665464,1,0.01]
}

E que você queira utilizar as funções descritas acima no campo “expression”:

{
"min": {{ JSONPATH(message.numbers, "$.min()") }},
"max": {{ JSONPATH(message.numbers, "$.max()") }},
"avg": {{ JSONPATH(message.numbers, "$.avg()") }},
"stddev": {{ JSONPATH(message.numbers, "$.stddev()") }},
"length": {{ JSONPATH(message.numbers, "$.length()") }}
}

O resultado será:

{
"min": 0.01,
"max": 665464.0
"avg": 75130.42333333334,
"stddev": 208739.83034832493,
"length": 9
}

TOJSON

Essa função em Double Braces retorna o valor do JSON a partir do objeto recebido.

Sintaxe

TOJSON(value:string)

value: string

Digamos que você precise obter os valores em um objeto JSON. Você pode fazer o seguinte:

{
"test": {{ TOJSON("aaS2fdeS") }}
"test2": {{ TOJSON(111) }}
"test3": {{ TOJSON("false") }}
"test4": {{ TOJSON([{"c":123}]) }}
"test5": {{ TOJSON({"a":123,"array":[1,2,3]}) }}
"test6": {{ TOJSON("{\"name\":\"John\",\"age\":31,\"city\":\"New York\"}") }}
"test7": {{ TOJSON(null) }}
}

O resultado esperado será:

{
"test": "aaS2fdeS"
"test2": 111
"test3": false
"test4": [{"c":123}]
"test5": {"a":123,"array":[1,2,3]}
"test6": {"name":"John","age":31,"city":"New York"}
"test2": null
}

UNESCAPEJSON

Essa função em Double Braces retorna um JSON removendo os escapes encontrados no valor fornecido.

Sintaxe

UNESCAPE(value:string)

value: string

Digamos que você precise remover caracteres de escape. Você pode fazer o seguinte:

{
"test": {{ UNESCAPE ("{\\\"name\\\":\\\"John\\\",\\\"age\\\":31,\\\"city\\\":\\\"New York\\\"}") }}
}

O resultado esperado será:

{
"test": "{\"name\":\"John\",\"age\":31,\"city\":\"New York\"}"
}

GETELEMENTAT

Essa função permite que você capture um elemento específico de um array.

Sintaxe

GETELEMENTAT(array, índice)

Vamos supor que você precise capturar o primeiro elemento do array abaixo:

{
"data": [
{
"field": "value-1"
},
{
"field": "value-2"
},
{
"field": "value-3"
}
]
}

Capturando o elemento:

{
"element": {{ GETELEMENTAT(message.data, 0) }}
}

O resultado será:

{
"element": {
"field": "value-1"
}
}

Se a função receber um índice inexistente, o valor null será retornado.

LASTELEMENT

Essa função permite que você capture o último elemento de um array.

Sintaxe

LASTELEMENT(array)

Vamos supor que você precise capturar o último elemento do array abaixo:

{
"data": [
{
"field": "value-1"
},
{
"field": "value-2"
},
{
"field": "value-3"
}
]
}

Capturando o elemento:

{
"element": {{ LASTELEMENT(message.data) }}
}

O resultado será:

{
"element": {
"field": "value-3"
}
}

Se a função receber um array vazio, o valor null será retornado.

REMOVEAT

Essa função permite que você remova um elemento específico de um array.

Sintaxe

REMOVEAT(array, index)

Vamos supor que você precise remover o segundo elemento do array abaixo:

{
"data": [
{
"field": "value-1"
},
{
"field": "value-2"
},
{
"field": "value-3"
}
]
}

Removendo o elemento:

{
"data": {{ REMOVEAT(message.data, 1) }}
}

O resultado será:

{
"data": [
{
"field": "value-1"
},
{
"field": "value-3"
}
]
}

Se a função receber um índice inexistente, o array original será retornado sem alterações.

PUSH

Essa função permite que você insira um elemento no final de um array.

Syntax

PUSH(array, element)

Vamos supor que você precise inserir um novo elemento no array abaixo:

{
"element": {
"example": "123"
},
"array": [
{
"example": "ABC"
},
{
"example": "FFF"
}
]
}

Inserindo o novo elemento:

{
"array": {{ PUSH(message.array, message.element) }}
}

O resultado será:

{
"array": [
{
"example": "ABC"
},
{
"example": "FFF"
},
{
"example": "123"
}
]
}

Se a função receber um elemento inexistente ou nulo, o valor null será inserido no final do array

POP

Essa função permite que você remova o último elemento de um array, retornando o elemento removido e o array remanescente.

Syntax

POP(array)

Vamos supor que você precise remover o último elemento do array abaixo:

{
"array": [
{
"id": "ABC"
},
{
"id": "FFF"
},
{
"id": "123"
}
]
}

Removendo o último elemento:

{
"data": {{ POP(message.array) }}
}

O resultado será:

{
"data": {
"array": [
{
"id": "ABC"
},
{
"id": "FFF"
}
],
"element": {
"id": "123"
}
}
}

Se a função receber um array vazio, o mesmo array vazio será retornado.

NEWEMPTYOBJECT

Essa função permite que você crie um novo objeto vazio.

Sintaxe

NEWEMPTYOBJECT()

Vamos supor que você precise criar um novo objeto vazio:

{
"data": { }
}

Criando:

{
"data": {{ NEWEMPTYOBJECT() }}
}

O resultado será:

{
"data": { }
}

NEWEMPTYARRAY

Essa função permite que você crie um novo array vazio.

Sintaxe

NEWEMPTYARRAY()

Digamos que você precise criar um novo array vazio:

{
"data": []
}

Criando:

{
"data": {{ NEWEMPTYARRAY() }}
}

O resultado será:

{
"data": []
}

CARDINALITYONE

Essa função possibilita aplicar uma cardinalidade de n:1 na estrutura informada, onde independente da quantidade de elementos na entrada, a saída será sempre 1 elemento.

Sintaxe

CARDINALITYONE(data)

Digamos que você precise aplicar a cardinalidade n:1 em cada elemento do JSON abaixo:

{
"arrayObject": [
{
"id": "PROD-123",
"type": "Product"
},
{
"id": "CUST-456",
"type": "Customer"
}
],
"arrayNumber": [ 23, 790 ],
"emptyArray": [],
"object": {
"test": "value"
},
"singleNumber": 500,
"singleString": "CARDINALITY",
"nullValue": null,
"emptyObject": {}
}

Aplicando a função:

{
"arrayObject": {{ CARDINALITYONE(message.arrayObject) }},
"arrayNumber": {{ CARDINALITYONE(message.arrayNumber) }},
"emptyArray": {{ CARDINALITYONE(message.emptyArray) }},
"object": {{ CARDINALITYONE(message.object) }},
"singleNumber": {{ CARDINALITYONE(message.singleNumber) }},
"singleNumber": {{ CARDINALITYONE(message.singleNumber) }},
"singleString": {{ CARDINALITYONE(message.singleString) }},
"emptyObject": {{ CARDINALITYONE(message.emptyObject) }}
}

O resultado será:

{
"arrayObject": {
"id": "PROD-123",
"type": "Product"
},
"arrayNumber": 23,
"emptyArray": null,
"object": {
"test": "value"
},
"singleNumber": 500,
"singleString": "CARDINALITY",
"emptyObject": {}
}

CARDINALITYMANY

Essa função possibilita normalizar a saída em cardinalidade múltipla. Ou seja, caso a entrada seja um array com n elementos, a saída será um array com n elementos e caso a entrada seja uma único objeto, a saída será um array contendo este único objeto.

Sintaxe

CARDINALITYMANY(data)

Digamos que você precise aplicar a cardinalidade m:n em cada elemento do JSON abaixo:

{
"arrayObject": [
{
"id": "PROD-123",
"type": "Product"
},
{
"id": "CUST-456",
"type": "Customer"
}
],
"arrayNumber": [ 23, 790 ],
"emptyArray": [],
"object": {
"test": "value"
},
"singleNumber": 500,
"singleString": "CARDINALITY",
"nullValue": null,
"emptyObject": {}
}

Aplicando a função:

{
"arrayObject": {{ CARDINALITYMANY(message.arrayObject) }},
"arrayNumber": {{ CARDINALITYMANY(message.arrayNumber) }},
"emptyArray": {{ CARDINALITYMANY(message.emptyArray) }},
"object": {{ CARDINALITYMANY(message.object) }},
"singleNumber": {{ CARDINALITYMANY(message.singleNumber) }},
"singleNumber": {{ CARDINALITYMANY(message.singleNumber) }},
"singleString": {{ CARDINALITYMANY(message.singleString) }},
"emptyObject": {{ CARDINALITYMANY(message.emptyObject) }}
}

O resultado será:

{
"arrayObject": [
{
"id": "PROD-123",
"type": "Product"
},
{
"id": "CUST-456",
"type": "Customer"
}
],
"arrayNumber": [ 23, 790 ],
"emptyArray": [],
"object": [ {
"test": "value"
} ],
"singleNumber": [ 500 ],
"singleString": [ "CARDINALITY" ],
"emptyObject": [ {} ]
}

Conheça também as funções:

Encontrou sua resposta?