Emitir uma nota de entrada através de uma Declaração de Importação é sem dúvida a maneira mais rápida possível.

👉 Nota Fiscal de Importação: Saiba tudo sobre sua emissão

Caso seja sua primeira NF-e de Importação aqui em nosso sistema, é importante se atentar as configurações que serão utilizadas. Por padrão, o sistema utiliza algumas configurações baseadas nas melhores práticas de montagem da nota de importação, entretanto essas configurações podem ser alteradas no menu Usuário > Configurações. Dentre as configurações que podem ser alteradas, podemos citar:

- Mudar os valores que compõem o campo "Valor dos Produtos"

- Mudar os valores que compõem o campo "Despesas Acessórias"

- Ensinar o sistema a reconhecer automaticamente o código contido na descrição da mercadoria.

Para entender melhor sobre as configurações, acesse o link:

Outra coisa muito importante é ter o arquivo XML da DI com você, caso não tenha e não saiba como extrair no site do Siscomex, acesse esse link para ver como fazer:

Feito isso, agora com a posse do arquivo XML do Siscomex, e devidamente autenticado no sistema, acesse "Comex > Declaração de Importação" e em seguida selecione o botão "Importar XML da DI".

O sistema irá exibir uma tela solicitando o arquivo XML com os dados da DI do Siscomex. Busque o arquivo e selecione o botão "Salvar".

O sistema apresentará um resumo da Declaração de importação com todas as informações do XML, sendo necessário o preenchimento de apenas alguns campos que são obrigatórios mas que não constam no XML, como por exemplo o valor do ICMS.

Descrição do ICMS

Na descrição do ICMS, o preenchimento pode ser feito de ambas as formas:

  • Informando a alíquota do ICMS e marcando a opção "Calcular o ICMS pelo sistema" (Deixe o campo valor total do ICMS em branco, o sistema fará o cálculo).

  • Informando a alíquota e o valor total do ICMS, deixando desmarcada a opção de calcular pelo sistema.

Caso haja mais de uma alíquota, marque a opção "Esta DI possui tratamentos diferenciados por adição" e em seguida clique em "Informar ICMS por adição", dessa forma o ICMS será informado em cada adição individualmente, podendo ser feito de ambas as formas citadas acima.

Dica: Para os casos em que existem muitas adições na DI, você pode informar no campo que precede as adições a alíquota que será utilizada na maioria das adições e marcar pro sistema calcular, assim o sistema replicará essas informações e será necessário alterar apenas a alíquota nas adições em que difere da maioria.

Outras taxas

Nesse campo é necessário apenas informar a Taxa AFRMM, caso haja cobrança. As demais taxas cobradas são preenchidas de acordo com o XML da DI.

Obs: Caso haja algum valor extra que não se enquadre em nenhuma dessas taxas, você pode informar esse valor no campo Outras despesas.

Informações de Transporte

No campo informações de transporte se atente a modalidade do frete (que pode incidir no valor total da nota) e ao preenchimento da transportadora caso seja necessário.

Importante: Para selecionar a transportadora é preciso que a mesma esteja previamente cadastrada no menu CRM>Empresas e Pessoas.

Nas informações do desembaraço aduaneiro é necessário que seja informada a UF do desembaraço.

Feito isso, clique em salvar ao final da página, o sistema te levará para um resumo das informações da DI. Confira e em seguida clique em "Criar NF-e" para que sua nota de entrada seja gerada.

Com a sua NF-e gerada, você pode conferir a Prévia DANFE e até mesmo exportar o XML, ou reabrir, caso seja necessário ajustar alguma informação na NF-e antes da transmissão.

Conferiu a prévia DANFE e todas as informações estão corretas? Agora você pode transmitir a sua NF-e de entrada.

Viu que alguma informação não bate? Não se preocupe, você pode reabrir a sua DI e alterar o que for preciso. Basta ir no menu Comex > Declaração de Importação e clicar na setinha ao lado de Visualizar > Reabrir, em seguida seta ao lado de Criar Nf-e >Alterar.

Assim você pode fazer as alterações necessárias, em seguida basta salvar e realizar o processo de criar a NF-e e conferir a prévia DANFE novamente para realizar a transmissão da sua nota pra Sefaz! 😉

Outros links úteis:

👉 NF-e de Importação: como calcular igual o seu despachante?

👉 NF-e de Transferência para Filial: Como emitir?

👉 5 dicas para realizar a primeira importação

Encontrou sua resposta?