De forma geral, todos os tipos de conexão sem fio são mais suscetíveis a interferências do que uma conexão cabeada. Todo e qualquer objeto ou outro sinal que passar no caminho da transmissão irá causar desde pequenas e descartáveis interferências até grandes interferências, que podem fazer o link oscilar. 

No caso da chuva não é diferente: quanto maior o volume da chuva, maior a atenuação sofrerá o link, o que impedirá este de oscilar é a margem na qualidade da conexão, ou seja, um link que tinha uma qualidade excelente pode atenuar para bom ou regular, já um link de qualidade boa ou regular poderá atenuar para ruim ou péssimo e então oscilações ou queda total poderão ocorrer.

Encontrou sua resposta?