Motivo: esse artigo ensina como configurar o Intelipost Amazon Conversor.

Pré-requisito(s): acesso ao Intelipost Amazon Conversor e ao Painel Intelipost (TMS).

Ferramenta(s): Intelipost Amazon Conversor (https://comunicacao.intelipost.com.br/conversor-amazon) e TMS (https://secure.intelipost.com.br/login/).

O Intelipost Amazon Conversor foi criado para facilitar a subida das tabelas de frete no Amazon Marketplace. O Seller Central do Amazon Marketplace tem um formato próprio de tabelas de frete, que precisam ser carregadas linha a linha. Para lojas que possuem múltiplas tabelas, esta tarefa fica ainda mais complexa.

Para facilitar essa tarefa, foi criado o Intelipost Amazon Conversor, um plugin para o navegador Google Chrome que automaticamente calcula e configura as tabelas de frete no painel do Seller Central do Amazon Marketplace baseando-se nas tabelas de frete cadastradas na Intelipost.

Para utilizar o módulo de cálculo de frete na Amazon Seller, basta solicitar para o nosso time de Suporte ou, se você ainda não for nosso cliente, basta enviar uma solicitação para o nosso time Comercial.

Com a ativação da conta no sistema da Intelipost, siga os seguintes passos:

1. Upload das tabelas de frete

Realize o upload das tabelas de frete dentro do sistema da Intelipost. Mais informações, acesse como incluir uma nova tabela de frete.

2. Configure as regras de frete

Faça a configuração das regras para cada região de acordo com as suas necessidades. Para mais informações, acesse o que é uma regra de frete e como criar uma regra.

3. Baixe e configure o Intelipost Amazon Conversor

Faça o download do nosso plugin na Chrome web Store, que fará o preenchimento dos valores cadastrados dentro do sistema Intelipost para a sua conta Amazon.

giphy.gif

Após o download do plugin, acesse a conta no Amazon Seller Central.

Dentro do Amazon Seller Central, acesse o menu Configurações > Configurações de Envio. Nesta tela, é possível por visualizar todos os modelos de envio que já foram configurados na conta.

Para utilizar a extensão Intelipost Amazon Conversor, é preciso editar um modelo já existente ou criar um novo modelo. Para isso, basta clicar no botão alterar modelo ou criar novo modelo de envio.

Clique no plugin Intelipost Amazon Conversor no seu navegador e insira as seguintes informações:

  • Ticket médio: para calcular o frete é importante estimar o valor médio das vendas (ticket médio) para que o seguro dos fretes seja calculado corretamente. Ou seja, se gerar uma tabela de frete com ticket médio de R$ 500, todos os fretes serão estimados para uma venda de R$ 500.

  • Standard/express: o modelo de envio da Amazon precisa ter uma tabela standard (ou padrão) e trazer a opção de também oferecer um frete Expresso. Se selecionar a opção de envio padrão, somente a parte do envio padrão será preenchida. Se selecionar Expresso, somente a parte do frete Expresso será preenchida. Importante: a extensão apresentará uma mensagem de erro sempre que o modelo selecionado não tiver as 53 regiões expostas na tela para edição

  • Regra de 70 cm: recentemente, os Correios definiram uma nova regra em que todos os envios com alguma dimensão acima de 70 centímetros serão cobrados de uma taxa adicional de R$ 79. Caso queira criar uma tabela específica para produtos de grande porte, deve selecionar esta opção.

  • Comissão do marketplace: o Marketplace da Amazon cobra uma comissão sobre o valor total da venda incluindo o frete. Para que o valor do frete já reflita a comissão você deve definir neste campo o valor de comissão da Amazon.

  • Faixas de peso: cada modelo de envio Amazon deve ser desenhado para uma faixa de peso específica. Por exemplo, fretes para produtos que pesam entre 0 e 10 kg ou entre 50 e 100 kg. Uma vez que o modelo de envio foi criado para esta faixa de peso específica, deve-se definir nestes campos o peso inicial e final desta tabela de fretes. Importante: para a primeira faixa de peso, a partir de 0, o peso inicial deve ser de 0,1kg. A extensão não calcula fretes para peso zero.

Após a configuração de todos os itens, clique em gerar tabela e depois em salvar.

Caso o frete para alguma das regiões não tenha sido calculado com sucesso, receberá a seguinte mensagem:

Neste caso, deve-se verificar a tabela para completar as regiões onde os preços estão zerados os prazos também precisarão ser ajustados manualmente.

Uma vez dentro do modelo de envio, é preciso confirmar que todas as 53 regiões da Amazon estão abertas. Para cada Estado do Brasil, devem existir duas regiões: uma para capital e uma para interior, por exemplo, São Paulo capital São Paulo interior. A exceção é o Distrito Federal que só tem uma região. Como o Brasil tem 26 estados mais o Distrito Federal o total é de 53 regiões.

Uma vez que a tabela foi calculada e preenchida, é possível solicitar o download em formato Excel clicando novamente na extensão e no botão “download”. Mesmo que a tabela tenha apresentado o erro, é possível baixá-la para avaliar as regiões que precisam ser tratadas.

IMPORTANTE: A tabela sugerida pelo conversor Intelipost Amazon Conversor utiliza estimativas com base em regiões com maior volume de pedidos e faixas de pesos definidas. As tabelas de fretes dos Correios e transportadoras baseiam-se em um número maior de critérios para calcular o valor correto do frete. Mesmo que os valores sejam calculados corretamente na Intelipost, o modelo de envios na Amazon faz apenas uma aproximação destes valores.

Confira os valores sugeridos no modelo de envio e verifique se os fretes em seus pedidos de vendas estão próximos dos valores reais. Caso necessário, ajuste manualmente os valores do modelo de envios antes de salvá-los.

4. Associe os modelos de envios aos produtos

Para que os valores de frete sejam vistos pelo consumidor final, é necessário associar aos produtos o modelo de envio cadastrado com o Intelipost Amazon Conversor. Para isso, acesse a Central do Vendedor, clique na opção inventário e, em seguida, gerenciar inventário, conforme abaixo:

Em seguida, aparecerá o painel com todos os produtos listados. Para ter acesso às informações de cada produto, clique em alterar.

Abrirá uma nova janela com os detalhes da mercadoria. Na barra de opções, clique em oferta. Em modelo de envio será possível adicionar o modelo que foi criado por você com o Intelipost Amazon Conversor.

Depois, ainda na mesma barra, em mais informações, deverá inserir o peso de envio:

O formato de tabela da Amazon tem algumas limitações. Para o frete ser o mais preciso possível, é recomendado criar mais de um modelo de envio, com cada modelo pegando uma faixa de peso.

Por exemplo: se vende muitos produtos leves abaixo de 10 Kg, mas também tem alguns produtos mais pesados entre 20 e 30 kg é recomendado que se tenha dois modelos de envio pelo menos. Um para a faixa de 0 a 10 kg e outro para faixa de 10 Kg em diante.

Assim, para que se tenha os melhores resultados no cálculo do frete, deve-se criar múltiplos modelos de envio que são mais adequados para produtos leves ou produtos pesados o produtos com dimensões acima de 70 cm ou produtos com valor muito diferente.

Encontrou sua resposta?