Todas as coleções
Medição de emissões
Medição de emissões de Frete
Medição de emissões de Frete
Atualizado há mais de uma semana
caminhões estacionados

Esse módulo abrange o cálculo das emissões decorrentes do transporte de bens. Os fretes inclusos aqui são tanto para o recebimento de compras pela sua empresa, envio de produtos vendidos a seus clientes, e transporte interno entre unidades da sua empresa. O módulo de cálculo possui grande flexibilidade, incluindo fretes nacionais e internacionais, por via terrestre, maritma ou aérea, e com carga fracionada ou dedicada. Confira o guia a seguir para descobrir como realizar essas medições.

Passo 1: Defina o escopo da sua medição

Comece escolhendo o período de tempo específico que deseja analisar.

Em seguida, faça um levantamento de todos os fretes realizados ou contratados pela sua empresa durante o período desejado.

  • Importante: Em caso de frete próprio, o consumo de combustível da sua empresa com frete deve ser preferencialmente registrado no módulo de “Combustível”.

  • No entanto, caso a sua empresa não faça esse controle de consumo, você pode realizar a medição das emissões no módulo de "Frete". Nesse caso, recomendamos a implementação futura de um controle de consumo de combustível para garantir maior precisão nos cálculos.

Inclua todos transportes com finalidade de:

  • Recebimento de mercadorias de fornecedores

  • Transporte interno na sua empresa

  • Envio de produtos a consumidores

  • Descarte de materiais

Passo 2: Colete informações sobre os fretes

Uma vez definido o escopo, identifique a fonte de dados dos seus fretes, que pode ser uma base de dados interna da sua empresa ou informações fornecidas pelos seus fornecedores. Reuna então os seguintes dados para cada frete:

  1. Data de envio: a data em que os bens foram despachados.

  2. CEP de partida: o local de onde os bens saíram.

  3. CEP de destino: o local de chegada dos bens transportados.

  4. Peso total transportado: o peso dos bens em quilogramas.

  5. Tipo de modal: selecione o modal principal utilizado para realizar os fretes. As opções incluem:

    • Terrestre: marque essa opção caso apenas veículos rodoviários tenham sido utilizados.

    • Aéreo: marque essa opção se algum avião tenha sido utilizado durante a entrega.

    • Não sei: selecione essa opção caso não possua a informação precisa sobre o modal utilizado. Nesse caso, estimaremos o modal com base na distância percorrida e no tempo de entrega.

  6. Carga refrigerada: indique se os bens transportados requerem refrigeração, como carnes ou alimentos congelados.

  7. Frete próprio ou terceirizado: marque "frete próprio" se sua empresa realizou o transporte dos bens, e "terceirizado" se tiver contratado um operador logístico para realizar o frete.

  8. O frete decorre de uma venda realizada pela sua empresa e foi custeado pelo cliente: Marque "Sim" apenas se o frete foi realizado como parte de uma venda feita pela sua empresa e foi pago pelo cliente (frete FOB). Caso contrário, marque "Não" (por exemplo, recebimentos, transportes internos ou vendas CIF). Embora essa informação não altere o cálculo das emissões, ela é importante para classificar as emissões de acordo com as normas do GHG Protocol.

Passo 3: Registre as informações na Plataforma

Após reunir todas as informações necessárias, acesse a seção de medição de frete na Plataforma Compensa. Preencha os campos fornecidos com as informações coletadas, garantindo que as informações estejam corretas e atualizadas.

(Opcional) Passo 5: Gerence suas medições

Para as medições de frete, não é possível editar ou atualizar as informações já registradas. Caso precise corrigir um dado inserido incorretamente, será necessário excluir a medição anterior e realizar um novo registro. Para fazer isso, acesse a tela "Ver Emissões de Frete", selecione as emissões que deseja deletar e clique no botão da lixeira para excluir a medição.

Se você tiver mais dúvidas ou precisar de assistência adicional, nossa equipe de suporte estará pronta para ajudar.

Respondeu à sua pergunta?