Os erros mais comuns na Low Carb

Saiba como ter resultados reais na sua dieta

Livia Tanizaki avatar
Escrito por Livia Tanizaki
Atualizado há mais de uma semana

Descubra agora os erros mais comuns na Low Carb!

Separamos algumas dicas que vão fazer uma super diferença!

Sim, Low Carb, como o nome já diz, é uma dieta com o valor de carboidrato limitado, mas o que se deve atentar é para a QUALIDADE e a PROCEDÊNCIA do carboidrato que está sendo ingerido.

Alimentos industrializados, por mais que sejam pobres em carboidratos jamais serão melhores que alimentos naturais, mesmo que esses tenham um pouco de carboidratos.

Então, fica a dica: opte sempre por comida de verdade.

Algumas pessoas veem a dieta low carb como a “nova dieta da proteína”, e que vai poder comer a quantidade de carnes que quiser sem ter que se preocupar com nada. Não é bem assim!

A proteína é importante, mas o consumo exagerado pode trazer maléficios para a sua saúde, emagrecimento e estética. Por isso, sempre tenha moderação e consuma refeições equilibradas.

Na dieta low carb a principal fonte de energia deve ser a gordura e não os carboidratos. Então, é necessário fornecer gorduras suficientes para que seu organismo se acostume com essa nova fonte principal de energia.

E também para que você tenha saciedade em suas refeições.

Isso pode causar problemas de saúde como constipação, ácido úrico elevado, queda de cabelo, menor desempenho físico e mental, efeito platô, etc.
​ 
 Os vegetais são a base da nossa alimentação, portanto devemos consumi-los em maior quantidade, eles são a nossa maior e mais completa fonte de vitaminas e minerais.

Pessoas iniciantes muitas vezes acreditam que brócolis, batata, feijão e pão são todos carboidratos iguais.

No entanto, veja a quantidade de carboidratos líquidos a cada 100g desses alimentos.

Ou seja, de 3g para 56g tem muita diferença! Por isso, minha dica para você é consuma os alimentos certos. Os vegetais possuem nutrientes realmente interessantes para a sua dieta. Pois eles são alimentos ricos em micronutrientes e em fibras e ao mesmo tempo apresentam poucos carboidratos.

Para que seu corpo esteja realmente adaptado a queimar gordura como fonte primária de energia, leva um tempo. Afinal, você não engordou todos os quilos que quer perder em uma semana, não é?

Algo entre 2 a 6 semanas é uma expectativa adequada. Por isso, é importante que você tenha paciência e que não saia da dieta logo nas primeiras semanas. Seu foco e sua força nessas primeiras semanas é decisivo para o seu sucesso na dieta!

E aí, curtiu as dicas? Vamos colocá-las em prática então para alcançar as suas metas.

Respondeu à sua pergunta?