As funções foram criadas para:

  • acelerar ainda mais a criação das suas integrações

  • diminuir a complexidade dos seus pipelines

  • simplificar conversões e transformações dos dados durante o fluxo dos seus pipelines

As funções condicionais retornam um valor de acordo com o critério que você estabeleceu e estão disponíveis para componentes que suportam expressões com Double Braces. Para saber como passar informações para os componentes utilizando esse recurso, clique aqui.

EQUALTO

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função compara dois objetos (que podem ser números, strings, arrays, etc.) e verifica se são iguais.

Sintaxe

EQUALTO(obj1, obj2 )

Vamos supor que você precise validar se este objeto

{
"body1":{
"cep": “01200-030”
}
}

é igual a este:

{
"body2":{
"CEP": “01200-030”
}
}

No exemplo abaixo o valor "false" será atribuído, pois os objetos são diferentes:

{
"valid": {{ EQUALTO( message.body1, message.body2 ) }}
}

IMPORTANTE: o retorno dessa função será "true" ou "false".

GREATERTHAN

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função compara se o primeiro número é maior que o segundo.

Sintaxe

GREATERTHAN(num1, num2 )

Payload

{
"num1": 1,
"num2": 2
}

No exemplo abaixo o valor "false" será atribuído:

{
"valid": {{ GREATERTHAN( message.num1, message.num2 ) }}
}

O valor null é considerado como o menor valor possível para comparação.

GREATERTHAN( null, null ) retornará "false".

IMPORTANTE: o retorno dessa função será "true" ou "false".

GREATERTHANEQUAL

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função compara se o primeiro número é maior ou igual ao segundo.

Sintaxe

GREATERTHANEQUAL(num1, num2 )

Payload

{
"num1": 1,
"num2": 2
}

No exemplo abaixo o valor "false" será atribuído:

{
"valid": {{ GREATERTHANEQUAL( message.num1, message.num2 ) }}
}

O valor null é considerado como o menor valor possível para comparação.

GREATERTHANEQUAL( null, null ) retornará "true".

IMPORTANTE: o retorno dessa função será "true" ou "false".

IF

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você faça comparações lógicas entre um valor e aquilo que você espera.

Portanto, uma instrução IF pode ter 2 resultados. O primeiro resultado acontece quando a comparação é verdadeira e o segundo quando a comparação é falsa.

Sintaxe

IF(comparação, valor-se-verdadeiro, valor-se-falso)

Vamos supor que você precise tomar decisões dependendo se o valor recebido é "true" ou "false":

{
"boolean": false
}

No exemplo abaixo o valor da condição (valor-se-falso) será atribuído ao JSON:

{
"cep": {{ IF( message.boolean, "cep-ok", "cep-nao-ok" ) }}
}

IMPORTANTE: o retorno dessa função será qualquer valor passado nas mensagens da condicional "true"/"false".

LESSTHAN

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função compara se o primeiro número é menor que o segundo.

Sintaxe

LESSTHAN(num1, num2 )

Payload

{
"num1": 1,
"num2": 2
}

No exemplo abaixo o valor "true" será atribuído:

{
"valid": {{ LESSTHAN( message.num1, message.num2 ) }}
}

O valor null é considerado como o menor valor possível para comparação.

LESSTHAN( null, null ) retornará "false".

IMPORTANTE: o retorno dessa função será "true" ou "false".

LESSTHANEQUAL

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função compara se o primeiro número é menor ou igual ao segundo.

Sintaxe

LESSTHANEQUAL(num1, num2 )

Payload

{
"num1": 1,
"num2": 2
}

No exemplo abaixo o valor "true" será atribuído:

{
"valid": {{ LESSTHANEQUAL( message.num1, message.num2 ) }}
}

O valor null é considerado como o menor valor possível para comparação.

LESSTHANEQUAL( null, null ) retornará "true".

IMPORTANTE: o retorno dessa função será "true" ou "false".

ISOBJECT

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é um objeto.

Sintaxe

ISOBJECT(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é um objeto:

{
"argument": false
}

Validando o argumento:

{
"isObject": {{ ISOBJECT( message.argument) }}
}

O retorno será "false", pois o valor não é um objeto.

Agora passando um objeto para a função:

{
"argument": {
"test": "xpto"
}
}

Validando o argumento:

{
"isObject": {{ ISOBJECT( message.argument) }}
}

O retorno será “true”.

ISARRAY

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é um array.

Sintaxe

ISARRAY(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é um array:

{
"argument": false
}

Validando o argumento:

{
"isObject": {{ ISARRAY( message.argument) }}
}

O retorno será "false", pois o valor não é um array.

Agora passando um objeto para a função:

{
"argument": [{
"test": "xpto"
}]
}

Validando o argumento:

{
"isArray": {{ ISARRAY( message.argument) }}
}

O retorno será “true”.

ISBOOLEAN

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é um valor booleano.

Sintaxe

ISBOOLEAN(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é um valor booleano:

{
"argument": false
}

Validando o argumento:

{
"isObject": {{ ISBOOLEAN( message.argument) }}
}

O retorno será "true", pois o valor é booleano.

Agora passando um objeto para a função:

{
"argument": {
"test": "xpto"
}
}

Validando o argumento:

{
"isBoolean": {{ ISBOOLEAN( message.argument) }}
}

O retorno será “false”.

ISSTRING

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é uma string.

Sintaxe

ISSTRING(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é uma string:

{
"argument": "test"
}

Validando o argumento:

{
"isString": {{ ISSTRING( message.argument) }}
}

O retorno será "true", pois o valor é uma string.

ISNUMBER

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é um número.

Sintaxe

ISNUMBER(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é um número:

{
"argument": 123
}

Validando o argumento:

{
"isNumber": {{ ISNUMBER( message.argument) }}
}

O retorno será "true", pois o valor é um número.

ISNULL

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você verifique se o argumento passado é um valor null.

Sintaxe

ISNULL(objeto)

Vamos supor que você precise verificar se o argumento recebido é um valor null:

{
"argument": null
}

Validando o argumento:

{
"isNull": {{ ISNULL( message.argument) }}
}

O retorno será "true", pois o valor é um valor null.

SWITCHCASE

Utilizando Double Braces, você pode combinar a função com o acesso ao elemento do JSON de entrada de um componente.

A função permite que você passe várias comparações e os devidos parâmetros que devem ser retornados caso alguma dessas validações retorne “true”. Se nenhuma validação retornar “true”, valor padrão configurado será utilizado.

Sintaxe

SWITCHCASE(defaultValue, condition1, result1, condition2, result2, …., conditionN, resultN)

Vamos supor que você precise validar algumas condições para tomada de decisão:

{
"argument": null
}

Validando o argumento:

{
"result": {{ SWITCHCASE("failed", ISNULL(message.argument), "ok", ISNUMBER(message.argument), "nok" ) }}
}

Portanto, a configuração da função ficará:

Valor default: "failed"

Condition 1: ISNULL(message.argument)

Result If Condition 1 Matches: "ok"

Condition 2: ISNUMBER(message.argument)

Result If Condition 2 Matches: "nok"

O retorno será "ok", pois a primeira condição foi atendida.

Conheça também as funções:

Encontrou sua resposta?